quinta-feira, 12 de novembro de 2009

E tome aviso de vírus que não existe...

Ainda continuamos passando mensagens de correio eletrônico que alertam para vírus supostamente super destrutivos. Vale mesmo a pena? Ouça no artigo de hoje.


Clique aqui para baixar o artigo em seu micro para poder carregá-lo em seu mp3-player.

Clique aqui para entender como é fácil descobrir se uma mensagem desse tipo é verdadeira ou falsa.

Clique aqui para ler uma página de fevereiro de 2006 alertando para essa mesma fraude.

Para ler esse artigo, clique no botão abaixo.



6 comentários:

  1. O pior de tudo isso, é que, tem muitas destas mensagens. Isso sem contar aquelas que pedem ajuda para a "menina com câncer","a criança desaparecida","a Microsoft dando premio para enviar mensagem" e por aí vai... Tem algumas mensagens que são muuuuito antigas.

    ResponderExcluir
  2. É verdade, Denis. E como a história da "loira do banheiro", demoram a ir embora e sempre acabam voltando. E também como a história da "loira do banheiro", apesar de completamente estapafúrdias, tem sempre gente que acredita nessas baboseiras e as mantém vivas.

    Obrigado por seu comentário!

    ResponderExcluir
  3. Ruy, o seu post me lembrou de algo que aconteceu comigo há pouco mais de um ano. Um espertalhão descobriu meu endereço de e-mail e começou a enviar mensagens, fazendo-se passar por uma jovem que havia perdido os pais num terrível acidente automobilístico, pedindo para que eu concordasse em receber uma transferência de dois milhões de dólares, para garantir a segurança dela. Desconfiado, tomei a mesma atitude que você adotou: fui no Google e descobri que este golpe se chama "Dating Scam". Escapei de uma tremenda armação.

    Obrigado pelas dicas de segurança.

    ResponderExcluir
  4. Ruy, só mesmo aqueles que não querem aprender algo de bom (e entulhar a caixa postal alheia como bobagens não é sábio) é que poderiam se ofender com os seus comentários.

    []s,

    ResponderExcluir
  5. Obrigado por ser um dos dois ou três que pensam assim, Anônimo! :o)

    ResponderExcluir